November 03, 2017

, ,

Relatório dos Shows: Oita e Kumamoto

Trazemos hoje o relatório dos shows em Oita e Kumamoto (nos dias 4 e 5 de outubro).


Oita
"Permitam-me começar dizendo que o show foi demais!!!! O Iichiko Grand Theater, que estava um pouquinho gelado durante os ensaios, foi tomado por um calor tão grande que me fez suar! Minha intuição já dizia que seria ótimo; mas gente, foi maravilhoso!!!! Quando as cortinas se abriram, pôde-se ver no telão que Ayu chegou a sorrir com os gritos da plateia – e isso porque ela sempre se mantém séria nessa hora.
Já tinha visto um show em Oita graças ao a-nation, e acredito que além dos espectadores que costumam ir aos shows regularmente, muitos estavam no hall pela primeira vez. Ainda assim, a animação tomou conta do início ao fim da performance, nos deixando muito felizes. Sério, gente, vocês são o máximo! Me lembrou do clima festivo e único que costumamos ver no 'Santuário'.
Devo dizer que foi emocionante ver fãs tão jovens com tanta animação; fosse dançando, agitando seus leques ou olhando para o palco com lágrimas no olhos... Provavelmente, suas mamães são fãs de Ayu e lhes mostraram seus DVDs, não é?
E ao fim do show, Ayu, os dançarinos e os acrobatas também exibiam um grande sorriso. Logicamente que em cada cidade, a equipe se une aos fãs, que contribuem com sua grande animação para fazer daquele único dia o melhor show possível.

Entretanto, houve algo diferente nos ensaios em Oita. Normalmente, Ayu checa os vídeos que serão exibidos no telão e faz ajustes na iluminação e coreografia, mas naquele dia, os ajustes foram muito mais profundos e detalhados! Tivemos alguns dias livres desde que estivemos em Shizuoka, mas neste curto período também houve as comemorações dos aniversários de Matsuura e o de Ayu logo no dia seguinte – o que todos acompanhamos pelas redes sociais. Onde foi que ela encontrou tempo para pensar em todos aqueles detalhes...?!
Perguntei 'você deve ter se isolado e analisado a performance por vídeo, não foi?', e Ayu deu um sorrisinho sem-graça dizendo 'é que eu não gosto muito do meu aniversário...'. Apesar de muitas vezes tomar a iniciativa para preparar surpresas nos aniversários de membros da equipe e amigos, ela sempre teve esta visão sobre o próprio aniversário.
Tenho quase certeza de que durante aquela semana, a 'Ayumi Hamasaki' dentro de Ayu sofreu algum tipo de mudança, porque ela esteve simplesmente perfeita! E a performance de 'Microphone' no ensaio e no show daquele dia foi a melhor que já presenciei até hoje. Sempre gostei desta música, e por ter se tornado parte da setlist no Segundo Ato, sempre a ouvi com muito gosto. Mas naquele dia em Oita, pensei 'essa música está perfeita hoje!'.
É bem provável que algo tenha influenciado Ayu e a 'Ayumi Hamasaki' dentro dela. Foi justamente assim que enxerguei aquilo após o ensaio: uma mudança no interior de Ayu. E a música 'TODAY' no encerramento do show não soou triste, mas transmitiu bastante força.
Não tive coragem de lhe perguntar se tinha acontecido algo, mas tive a impressão de que tinha superado alguma coisa.

E no dia seguinte...
Fazia quase um ano que tínhamos estado em Kumamoto, desde a TA Tour no ano passado. Apesar de também ficar em Kyushu(*), levaria algumas horas para ir de carro de Oita até lá, e acredito que chegamos no hotel por volta das 2 ou 3 horas da madrugada.
(*) Ilha ao sul do Japão.
O show naquela cidade foi marcado pela menor distância até então entre o palco e a plateia, como na época da TA Tour. O hall era realmente muito pequeno e havia pouco tempo para a viagem e a realização dos ensaios.
Ao invés de pedir a alguém que lhe fizesse a preparação do palco, Ayu já tinha em mente uma inovação a ser feita: a inclusão de uma narração no encore, que seria ouvida pelo público antes de ela entrar no palco. A narração, aliás, foi gravada no celular e enviada ao staff ainda de madrugada. Ela pensou na mensagem sem nem ao menos ter dormido, e gravou em um canto do quarto levando em conta a baixa qualidade obtida pelo aparelho. No fim das contas, a mensagem teve de ser regravada no hall, mas gostaria que todos que a ouviram naquele dia soubessem como tudo aconteceu.
(*) Nota: a narração acompanhou um vídeo mostrando a reconstrução da cidade, após o terremoto no ano anterior. Para quem não se lembra, Ayumi tem fortes ligações com Kumamoto: a província foi uma das mais atingidas pelo terremoto. Então, Ayumi, TERU (vocalista do grupo GLAY) e o grupo voluntário "TA Project – Kyushu Tamashii" prestaram grande auxílio às vítimas logo nos primeiros dias. Além de fazer várias postagens no Twitter convocando voluntários e pedindo doações às vítimas, a cantora esteve lá pessoalmente distribuindo autógrafos e comida aos desabrigados.

E a performance de 'TODAY' foi completamente diferente daquela vista em Oita, combinando gentileza e força. Dependendo do que Ayu queira transmitir, a interpretação desta música sempre vai mostrar novas formas e emoções.
Ao mostrar tantas faces, sua missão talvez seja se tornar a 'Ayumi Hamasaki' desejada pelos fãs. Mas independente disso, para todos aqueles diante dela, Ayu continuará cantando com todas as forças. Se nesta vida ela nasceu como Microfone (escrava da música), posso afirmar com certeza que a Ayu vista em Oita e Kumamoto brilhou muito mais do que jamais fez anteriormente."


O texto original está no site oficial da turnê (ayu2017tour.com).
  

0 comentários:

Post a Comment

Olá pessoal. Deixem seus comentários que eles serão divulgados no Blog após verificados! Consciência ao postar é uma educação que todos devemos ter.
Infelizmente a moderação teve que ser ativada por mal uso deste canal.
Aguardamos seu comentário.

Grato. Adm.