March 15, 2017

,

Ayumi Hamasaki já esteve em Seul! [parte 2]

No artigo anterior, vimos a primeira visita de Ayumi à Coreia e o quanto foi bem recebida. Depois daquele Asia Song Festival, os fãs certamente sonharam com sua presença em outras edições do evento, o que até hoje, infelizmente, não aconteceu.
Entretanto, nove anos mais tarde, ela voltaria àquele país para participar de outro festival. E dessa vez, não seria para cantar...
Antes, um pouquinho de História: em 1999, dois empresários norte-americanos ligados a eventos musicais criaram em Miami, na Flórida, o "Ultra Music Festival". Nada mais era que um festival de música eletrônica ao ar livre, onde vários DJs famosos se apresentavam para uma grande plateia. O evento agradou a ponto de render outras edições nos anos seguintes, até se tornar religiosamente anual e um dos maiores festivais do gênero nos EUA.
A coisa deu tão certo que, desde 2008, o UMF vem ganhando versões internacionais, que hoje já ocorrem em quase 20 países. Em 2012, foi a vez da Coreia do Sul entrar na onda e realizar sua primeira edição (chamada "Ultra Korea") no Estádio Olímpico de Seul, reunindo quase 60 mil pessoas. Como era de se esperar, foi um grande sucesso e também se tornou anual.

2013 – Seul quer Ayumi!
O 2º Ultra Korea aconteceu em Seul nos dias 14 e 15 de junho, e na programação estavam DJs de vários países, inclusive do Japão (como DJ KOO, do grupo TRF). E falando em japoneses, a grande sensação da noite foi a aparição de Ayumi Hamasaki!
Aí vocês me perguntam "tá, mas... O que ela foi fazer num festival de DJs?!".
No ano anterior, o UMF de Miami reservou uma bela surpresinha para o público: ninguém menos que a poderosa Madonna surgiu no palco para anunciar a entrada do DJ sueco Avicii! A cantora tinha acabado de lançar o álbum MDNA, e Avicii apresentou em primeira mão o remix que tinha feito para a música "Girl Gone Wild".

   
Madonna apareceu no UMF de Miami, em 2012.

É bem verdade que a Rainha do Pop causou polêmica (Madonna fez uma piada alusiva ao ecstasy que deixou Avicii contrariado, pois não achava conveniente fazer piadinhas com drogas em um evento para jovens), mas ainda assim, a apresentação repercutiu muito bem e certamente serviu de inspiração para os coreanos, que no ano seguinte decidiram ter uma apresentadora, também. Ou, como foi chamada, uma "Special VVIP Host" ("Special Very Very Important Person Host", ou "Apresentadora Especial Muito Muito Importante").

Propaganda do evento, com a lista dos participantes. E ali embaixo, bem pequenininho, indicam a presença de um(a) "Special VVIP Host".

O comitê queria uma celebridade que representasse a Ásia, e no dia 10 foi anunciado que Ayumi tinha sido a escolhida. Entretanto, a cantora aceitou participar apenas no dia 14 – e segundo fofocas, apenas se fosse para apresentar o holandês Armin van Buuren, que seria o destaque naquele dia...
Pra quem não sabe, Armin é um DJ e produtor musical hiperfamoso na cena eletrônica. Até aquele ano, segundo a revista musical inglesa DJ Magazine, já tinha conquistado cinco vezes a primeira colocação no ranking dos 100 melhores DJs do mundo. Seu primeiro trabalho com Ayumi foi um remix de "appears" para o álbum Cyber Trance, em 2001 (que reapareceu no ano seguinte, no Cyber Trance 2), e em 2014 compôs e produziu "Terminal".
Finalmente chegou o dia do evento! Às 22:15 horas, um MC apresentou Ayumi dizendo "senhoras e senhores! Coreia do Sul! Com vocês, a popstar Ayumi Hamasaki~!" e foi quando a cantora apareceu diante dos quase 30 mil presentes. Ela cumprimentou o público dizendo "olá" em coreano e depois alternou frases em inglês e coreano durante quase um minuto. Enquanto animava a multidão, a primeira música do DJ começou e canhões posicionados ao redor do palco explodiram, iluminando a cabine. Armin estava pronto para o show, que seguiu até a meia-noite.

   
   
   
A performance foi um estouro!

   
Fotos do Nikkan Sports.

No dia seguinte, o jornal japonês Nikkan Sports postou uma foto da cantora com a manchete "Ayu anima 30 mil pessoas em Seul" e a legenda "Ayumi Hamasaki no camarote VIP. À esquerda, posa sorridente com o DJ número 1 do mundo, Armin van Buuren".
A matéria dizia:

"A cantora Ayumi Hamasaki participou ontem do Ultra Korea, maior evento de música eletrônica em Seul, como celebridade VVIP e representante da Ásia. Na condição de apresentadora, anunciou a performance de Armin van Buuren, considerado o 'DJ número 1 do mundo'.
Após o anúncio em inglês fluente por cerca de um minuto, Armin surgiu no palco. Os dois se abraçaram e o estádio tomado pelas quase 30 mil pessoas tremeu. Assim como Madonna representou os EUA no UMF de Miami no ano passado, Ayumi anunciou o DJ principal em nome da Ásia. Prova de que, para os organizadores, Ayumi é tão 'VVIP' quanto Madonna.
Em comentário depois da performance, a cantora disse "foi um trabalho bem diferente do habitual, mas foi uma experiência bem divertida. Finalmente pude me encontrar com Armin, e disse a ele que seria interessante fazermos algum trabalho juntos futuramente, por isso fiquem atentos"."

A cantora não participou do segundo e último dia do evento, e assim que o DJ Avicii (o mesmo da Madonna) encerrou aquela noite, houve uma grandiosa queima de fogos. Nem de longe teve o mesmo brilho de Ayumi, mas serviu para coroar o fim de mais um Ultra Korea, considerado um dos maiores festivais da Ásia.

   
   
  

0 comentários:

Post a Comment

Olá pessoal. Deixem seus comentários que eles serão divulgados no Blog após verificados! Consciência ao postar é uma educação que todos devemos ter.
Infelizmente a moderação teve que ser ativada por mal uso deste canal.
Aguardamos seu comentário.

Grato. Adm.