August 06, 2011

Análise sobre [PV de Alterna]

Muitas pessoas podem entender até de forma simples o clip de Alterna quando percebem a sua mensagem principal.

A grande maioria de vocês, claro, vão relacionar este clip com os acontecimentos de 2001 (quem não lembra, podem consultar na biografia da cantora aqui). De fato, pode ser relacionado a isso, mas confesso que pelo nível de pessoas que Ayu normalmente gosta de tocar com suas músicas e mensagens, esta música também foi algo direcionado para as outras pessoas em geral.


[Análise]

No começo temos um ventilador, e como estamos tratando da questão de máquinas, este elemento foi apenas o que introduziria a representação do que é uma máquina. Em outras palavras, algo fácil de ser controlado de acordo com a nossa vontade. Então este objeto era o que indicava o que o homem estava se transformando.

Depois Ayu recebe um contrato de emprego, naquele momento ela era uma marionete, quase ao pé da letra quer dizer “pessoa que é controlada por regras sociais”. Logo então, podem perceber que arrumar um emprego, além de necessidade, é um tipo de regra que pertence a sociedade.



Ao aceitar o emprego, o palhaço (representação do empresário) entrega uma rosa a Ayu, que simbolizava as promessas em relação ao emprego. Em seguida, de marionete ela passa a ser vista como uma máquina; sua vida não pertencia mais apenas a sociedade, pois ela era vista agora como algo produtivo dentro do mercado (para entender bem isso podemos fazer uma relação desse PV com o filme “tempos modernos” de Charles Chaplin que foi um clássico de 1936. Logicamente isto só tem relação quanto ao ponto de vista do homem ser visto como uma máquina de trabalho).





Em seguida, ela se transforma em um grande fenômeno à medida que vai se apresentando, e por trazer bastante retorno financeiro, começam a produzir várias cópias suas (um dos pontos que representa essa lucratividade, seria a cena em que Ayu estámenor do que os palhaços).



Temos outro elemento da figura de Ayu branca e gigante diante dos empresários. Neste ponto, a representação é de que eles haviam criado uma figura diferente da cantora para as pessoas, e que dentro desse mercado, ela era gigante. Logo surgi um olho dentro da sua boca justamente por isso, aquilo indicava que o público falam sobre ela apenas o que podiam ver, relacionado a outra figura que foi criada pelos empresários.





Outra cena bastante curiosa é onde aparece cada empresário maior do que o outro. Esta simbologia poderia representar as idéias que cada um possuía, e por essas idéias às vezes serem diferentes, existiria então, um conflito entre os próprios empresários. Um queria tirar vantagem sobre o outro.



Bem, o fim do PV é bastante claro, tudo têm um tempo de vida ou de utilidade. Se alguém cansar ou arrumar algo melhor, é lógico que o anterior seja descartado (é uma triste realidade, mas é exatamente isso. Ayu sabia que em algum momento isso pode vir acontecer com ela).



Para fechar a análise temos o coração com a flecha. Ela apareceu durante o PV quase todo, se remetendo aos sentimentos que Ayu tinha no decorrer de sua vida. Havia várias frases, a flecha era apenas para comprovar que se tratava de um ser humano e que poderia ser ferido em alguns momentos.

Gostaria de agradecer ao Juliano que me ajudou em um ponto para finalizar essa análise.

Arigatouu

By: Yanne Takizawa
  

3 comments:

  1. Sempre achei esse um dos PVs mais bizarros da Ayu. Mas com essa análise agora tudo ficou mais lógico. Obrigada!

    ReplyDelete
  2. Como sempre a Ayu demonstrando sua mensagem e sentimento de sua Vida nos seus Clipes. Boa comparação com o "Tempos Modernos" que tambem se tratava de uma paródia sobre o mercado de trabalho. Mas se pensar bem, é pura realidade a mensagem do Clipe.

    ReplyDelete

Olá pessoal. Deixem seus comentários que eles serão divulgados no Blog após verificados! Consciência ao postar é uma educação que todos devemos ter.
Infelizmente a moderação teve que ser ativada por mal uso deste canal.
Aguardamos seu comentário.

Grato. Adm.